MJFanForum
Cadastre-se agora no fórum com verdadeiro amor ao Rei e Anjo Michael Jackson! Material exclusivo e atualizado diariamente! Já nos conhece? Então faça o login e aproveite!

Michael Jackson estaria com certeza vivo se não fosse por Conrad Murray, diz jurada

Ir em baixo

Michael Jackson estaria com certeza vivo se não fosse por Conrad Murray, diz jurada  Empty Michael Jackson estaria com certeza vivo se não fosse por Conrad Murray, diz jurada

Mensagem por PaulaMarx em Qua Nov 09, 2011 4:38 pm

Michael Jackson estaria com certeza vivo se não fosse por Conrad Murray, diz jurada  Katieavila


Quase todos os 12 jurados escolhidos para decidir o destino do Dr. Conrad Murray no julgamento sobre a morte de Michael Jackson haviam decidido sobre a sua culpa no primeiro dia de deliberações, diz a jurada no caso de falar exclusivamente para a ABC News.

Debbie Franklin, 48 anos de idade, de Temple City, na Califórnia, foi a jurada que, na segunda-feira, tocou a campainha três vezes no tribunal de Los Angeles, onde o julgamento de Murray vinha acontecendo nas últimas seis semanas, para alertar o juiz e ao mundo que tinham chegado a um veredicto.

“Nossos corações estavam acelerados”, disse Franklin ao “Good Morning America”, no momento em que ela e os outros jurados apareceram depois de oito horas de deliberações para emitir o veredicto de culpado de Murray que pode mandá-lo para a prisão por até quatro anos.

O júri condenou Murray de homicídio involuntário em 2009 na morte por overdose do rei do pop. Os promotores alegaram que Murray forneceu a Jackson, atormentado por insônia, da sala de cirurgia o poderoso anestésico propofol para ajudá-lo dormir enquanto ele ensaiava para sua “This Is It”, turnê de retorno.

Franklin diz que ela e os outros jurados acreditam que Jackson, que tinha 50, estaria “absolutamente” vivo hoje se não fosse por Murray.

“Conrad Murray fez isso”, disse ela. “Conrad Murray foi o único que em ir para o quarto e fazer isso. Ele [Jackson] estava procurando alguém que dissesse sim, e Conrad Murray disse que sim.”

A promotoria retratou Murray, 58 anos, como um médico negligente que deu ao cantor o que ele queria, o propofol , em casa no quarto de Jackson, sem as garantias necessárias e cuidados quando as coisas davam errado.

“Eu penso que eles fizeram um trabalho excelente”, disse Franklin da acusação. “Eles estavam prontos para cada testemunha. O questionamento foi do começo ao fim. Nada parecia desviar-los.”

Franklin diz que houve três fatores apresentados no julgamento que levou o júri a um veredicto de culpado para Murray.

“As três coisas mais importantes para nós foram a chamada 911, não chamou o 911. Esse foi um grande problema, não ter o equipamento médico no quarto para colocar alguém sob sedação e sair da sala “, disse ela.

O júri estava próximo da unanimidade, mas nem todo mundo estava convencido de que o médico era o único responsável, Franklin disse.

Murray, que não testemunhou em seu julgamento, disse à polícia que ele administrou apenas uma pequena dose no dia que Jackson morreu. Seus advogados culparam Jackson por sua própria morte, dizendo que o cantor injetou em si mesmo uma dose letal da droga, enquanto Murray estava fora da sala.

“Mesmo que Michael Jackson injetou em si mesmo, que eu não acho que nós acreditamos, mas, sentimos, mesmo que ele fez, que não teria importância, porque foi Conrad Murray que trouxe a situação lá”, disse ela. “Ele era o médico. Ele estava no comando.”

O comportamento de Jackson era apenas uma consideração, apesar do fato de que Franklin acredita que “ele tinha um monte de problemas … Acredito que ele tinha vícios ou dependência.”

Mas o argumento de que o vício do cantor pop levou a sua própria morte não foi suficiente para influenciar Franklin, ou os outros jurados.

“Eu realmente acho que eles não tinham muito a trabalhar”, disse Murray da equipe de defesa. “Eles tentaram fazer o que podiam com o que tinham.”

Embora o júri chegou a um veredicto rapidamente, não foi fácil para os sete homens e cinco mulheres.
“Fizemos uma votação e não foi unânime, por isso eu disse vamos pensar sobre isso no fim de semana e falar sobre isso na segunda-feira”, disse ela sobre primeiro dia de deliberaões do júri na sexta-feira. “Foi estressante. Foi muito trabalho. Gritaria, todo mundo estava falando. “

Franklin diz que ao júri foi mais fácil chegar a um veredicto de culpado de Murray por causa da decisão da acusação de cobrar o médico por homicídio culposo, e não assassinato.

Ao júri foi pedido que determinasse apenas se Murray foi o principal responsável pela morte do cantor, não se Murray realmente havia dado a Jackson a dose fatal.

“Nós absolutamente concordamos que ele não queria fazer isso”, disse Franklin. “Nós não achomos que ele tinha um motivo para fazer isso. Nós pensamos que era algo que ele estava fazendo e que foi descuidado, saiu do controle.”

Imediatamente após o veredicto na segunda-feira, Murray foi algemado e levado para a prisão sem fiança para aguardar a sentença em 29 de novembro.
“Eu nunca pensei sobre isso”, disse Franklin sobre a decisão do tribunal de levar Murray algemado. “Isso não me incomoda.”

Murray enfrenta agora até quatro anos de prisão quando for sentenciado em 29 de novembro. A sentença mais leve que ele poderia receber é de liberdade condicional, uma vez que Murray é um réu sem antecedentes criminais, um fator que o juiz Michael Pastor irá levar em conta. Por causa da superlotação, Murray pode ficar pouco ou nenhum tempo na prisão, apesar de qualquer sentença do juiz Pastor.

“Estou contente por eu não ter que tomar essa decisão”, disse Franklin. “Eu realmente não tenho nenhum sentimento sobre a forma que é a sentença. Fizemos o nosso trabalho.”





Fonte: MJNABrasil

_________________
"Prestem atenção na brincadeira, pois o estalar de dedos é tão rápido que quando se derem conta BAM
Michael Jackson estaria com certeza vivo se não fosse por Conrad Murray, diz jurada  Bamd
PaulaMarx
PaulaMarx
Destiny
Destiny

Feminino Mensagens : 198
Localização : RS - SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Michael Jackson estaria com certeza vivo se não fosse por Conrad Murray, diz jurada  Empty Re: Michael Jackson estaria com certeza vivo se não fosse por Conrad Murray, diz jurada

Mensagem por Isadora silva em Qua Nov 16, 2011 8:27 pm

Hum...
Parece ate que eu já sabia desse resultado.
Sim, ele estaria vivo com toda a certeza e teria feito o show mais esperado do ano de 2009.
Abraços.
Isadora silva
Isadora silva
Thriller
Thriller

Feminino Mensagens : 812
Idade : 35
Localização : Manaus-Amazonas-Brasil

Ver perfil do usuário http://www.twitter.com/Isadoramharry

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum