MJFanForum
Cadastre-se agora no fórum com verdadeiro amor ao Rei e Anjo Michael Jackson! Material exclusivo e atualizado diariamente! Já nos conhece? Então faça o login e aproveite!

Conrad Murray: Quem pagou a defesa?

Ir em baixo

Conrad Murray: Quem pagou a defesa?  Empty Conrad Murray: Quem pagou a defesa?

Mensagem por Ana Rosa Jackson em Qui Nov 10, 2011 10:27 am

Médico de Michael Jackson, acusado de homicídio involuntário na morte do cantor, estava cheio de dívidas quando ele começou a trabalhar para Jackson.

Conrad Murray: Quem pagou a defesa?  65978570

O veredicto está aí, o júri deferiu e Dr. Conrad Murray está atrás das grades, mas uma pergunta sobre o julgamento do médico de Michael Jackson permanece: Quem pagou a defesa?

Especulação sobre como o médico, sem dinheiro, financiou uma equipe de advogados caros, está focada no britânico documentário feito com a cooperação de Murray e comprado recentemente pela NBC para a transmissão em seu cabo de rede MSNBC neste fim de semana. Representantes do espólio de Jackson exigiram que a rede cancele o programa, intitulado "Michael Jackson e o Médico: A Amizade Fatal", em parte por causa de questões não respondidas sobre se Murray foi compensado por dar entrevistas cineastas, permitindo que equipes com câmeras o seguissem e aseus advogados.

"Gostaríamos de saber quanto dinheiro no total foi pago para este privilegiado " acesso ", co-executores do espólio, John Branca e John McClain, escreveram em uma carta quarta-feira para os executivos da NBC, MSNBC e sua empresa matriz, Comcast. "Não importa para nós se fuma empresa de produção, Comcast, NBC Universal ou MSNBC foi quem pagou para o acesso ao Dr. Murray, porque todos são moralmente culpados. "

Murray tinha uma dívida de aproximadamente $ 800.000 no dia em que Jackson morreu, e sua situação financeira piorou nos meses que se seguiram com a intensa cobertura midiática, diminuindo a sua possibilidade de ganhar dinheiro como um cardiologista. Mas depois de assinar um acordo com um produtor britânico em 2009, ele foi capaz de montar uma equipe de defesa que incluía quatro advogados, um consultor de júri, um publicitário, e uma série de especialistas médicos. Ele foi condenado por homicídio culposo, segunda-feira.

Os envolvidos no documentário se recusaram a discutir detalhes do acordo com Murray. Eles repetidamente reiterama uma declaração de Fall Films, a produtora com sede em Londres, que paga apenas uma taxa nominal $ 1 para Murray. No entanto, resta-se saber se o médico recebeu uma parcela das taxas pagas por estabelecimentos de televisão em Grã-Bretanha , Austrália e pelo menos 10 outros países, que vaão levar o programa ao ar.

As circunstâncias que cercam o documentário levantam uma série de questões espinhosas, incluindo o cuidado da investigada NBC com a proveniência de um filme que ofereceu entrevistas exclusivas e imagens em uma notícia altamente competitiva, e se o médico violou uma ordem de silêncio imposta pelo tribunal, protegido por seus próprios advogados que extenderam cooperação aos realizadores do programa.

Nos últimos dias de seu julgamento por homicídio culposo, Murray concedeu amplas entrevistas sobre a morte de Jackson à NBC e a uma empresa britânica como parte do pacote comprado do documentário por essas redes. Os advogados criminais de Murray disseram que nunca foram informados das entrevistas, apesar de suas advertências sobre "os perigos em se falar de 25 de junho" - o dia em que o cantor morreu.

Murray, que decidiu não testemunhar em sua própria defesa, com a sentença de prisão pendente até o final deste mês, não pôde ser encontrado para comentar.

Todos os pagamentos aos advogados de Murray vinheram diretamente do médico e não dos cineastas, disse Chernoff. Ele reconheceu que informou a Murray, que os recursos financeiros eram fundamentais para um processo judicial, em que a acusação parecia ter um orçamento ilimitado para peritos forenses e investigadores.

"Eu disse desde o início e muitas vezes, que a única maneira que ele teria para se defender era tendo dinheiro. Ele tinha para financiar o seu caso ou ele nunca seria capaz de se defender", disse Chernoff.

No momento sua casa em Las Vegas Murray estava hipotecada. Ele devia dinheiro a empresas de crédito e a um fornecedor de equipamentos médicos. E porque nunca Jackson assinou seu contrato, Murray nunca recebeu os 150,000 dólares mensais, como médico pessoal do cantor.

Posteriormente, Murray foi abordado por Leon Lecash, um fotógrafo britânico que virou empresário, cujos empreendimentos incluiam serviços de mordomo, de acordo com um relatório de imprensa ", promete resolver qualquer problema." Lecash estava entre centenas que queriam um aentrevista com Murray, mas segundo a ex assessora do médico, Miranda Sevcik, a empresa de produção de Lecash foi a única disposta aguaradra o veredicto para iniciar a transmissão.

"Este foi o único grupo que se aproximou de nós que concordou com a advertência de esperar até que todos os litígios se completassem", disse Sevcik.

Equipes de filmagem começaram a seguir Murray à igreja, a sua clínica de caridade em Houston e a reuniões com seus advogados. Chernoff disse que procurou o conselho do Estado da Califórnia antes de concordar em ser filmado. O médico começou a oferecer-lhe dinheiro, disse ele, mas ele nunca perguntou sobre a fonte.

"Não era pertinente para o que eu estava fazendo", disse ele. Perguntado se ele assume que o dinheiro veio do documentário, Chernoff respondeu: "Eu não posso afirmar porque não tenho certeza."

Outros na equipe de Murray disseram que concordaram em ser filmados, mas propositadamente evitavam discussões sobre o documentário de Murray emquanto lidavam com os produtores.

"Eu especificamente pedi para não ser envolvido em qualquer dos aspectos financeiros", disse o agente de defesa Mark Fierro.

Los Angeles Times (por Harriet Ryan e James Rainey, 10 de nobembro de 2011)
Ana Rosa Jackson
Ana Rosa Jackson
Thriller
Thriller

Feminino Mensagens : 704
Idade : 59
Localização : Lauro de Freitas / Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conrad Murray: Quem pagou a defesa?  Empty Re: Conrad Murray: Quem pagou a defesa?

Mensagem por izilda em Qui Nov 10, 2011 12:59 pm

Queria que este documentario mostrasse o lado que a policia
deixou de lado, como por exemplo, o porque de não preservar
as 24 hs de filmagens para saber quem estava na casa
Mas infelizmente, este documentario vem para querer inocentar
Murray, provar que Michael se auto injetou propofol e isto
ajudaria na apelação que seus advogados estão montando

_________________
Conrad Murray: Quem pagou a defesa?  Hot218
É tudo por amor.
izilda
izilda
Invincible
Invincible

Feminino Mensagens : 2226
Idade : 60
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum